Turbine suas idéias

ÚLTIMOS POSTS

Categoria | Marketing Digital

O que seria se o google acabasse?

O que seria se o google acabasse?

 

Calma leitor! Esse não é um daqueles tipos documentários da History, menos ainda artigo sobre o fim do SEO e tampouco será dito que um novo buscador vai surgir e desbancar o Google. Na realidade essa é uma pergunta que faço para meus clientes, parceiros e até mesmo quando estou dando treinamento para meus colaboradores no momento em que traçamos novas estratégias para gerar links externos (link building). Alguma vez você já pensou o que seria do seu site ou tráfego se de uma hora pra outra o Google deixasse de existir?

 

Parece que não, mas uma simples pergunta é um ótimo exercício para traçar uma estratégia de criar links externos apontando para seu site, tendo como objetivo de identificar páginas que possam direcionar tráfego de qualidade para um determinado assunto do seu blog ou seja lá o que for que você tenha na internet.

Para quem é especialista em Marketing Digital ou SEO, sabe que é praticamente impossível conquistar o topo dos buscadores sem construir links externos. Para um negócio online sobreviver e ter sucesso está incondicionalmente ligado a esse tipo de tráfego.


DICA: Veja como uma vitrine virtual pode contribuir para seu negócio e levar grande tráfico para sua página.


O sumiço do Google é literalmente um apocalipse digital, mas e ai, o que seria do seu negócio online e clientes se isso de uma hora pra outra viesse acontecer? Ainda bem que isso é só uma teoria né. Ainda que seja sim, uma teoria, entenda uma coisa, essa abordagem é para que você entenda de uma vez por todas a importância de fazer link building.


Colocado isso em mente, então bora lá. Técnicas de link building são várias, esse é um assunto que já falei em outro post e se você ainda não leu, recomendo ( clicar aqui ), 99.99% dessas técnicas tem como principal objetivo subir resultados de busca orgânica. Para obter melhores resultados na construção de links, é importante gerar links com um bom texto âncora, algo que chame atenção e gere curiosidade. Ops! Percebeu? Acabei de explicar algo já dando um exemplo na prática. Sendo essa fórmula testada e aprovada, é importante levar em consideração também diversificar as fontes de tráfego. Como? Sendo referenciado de sites externos que possam gerar tráfego que converta.


Converter e gerar resultados, consiste em identificar portais que aborda um determinado nicho, claro! e que tenha uma boa audiência. Uma vez que essa lista esteja pronta, é a hora de traçar um planejamento estratégico para conseguir inserir links nesses sites, blog ou vitrine virtual.


Depois de todo trabalho realizado, é preciso monitorar o tráfego de referência e observar a qualidade desse tráfego. Com os dados na mão você vai observar que seu site não é exclusivamente dependente dos buscadores mesmo que grande parte da sua audiência seja proveniente da pesquisa orgânica.

 


 

Realizar esse trabalho ajuda a minimizar os riscos das grandes e frequentes atualizações dos motores de busca, em especial a Penguin update analisa grande parte dos links apontados para um site.


Sem muitas delongas para finalizar mais um artigo sobre marketing digital, existem quatro tipos de links:

- Links que atendem no branding;

- Links que aumentam o tráfego;

- Links que ajudam no posicionamento orgânico;

- Links que contribuem nas três opções anteriores.

 

Importante! Toda vez que elaborar uma estratégia de criar links de referência, pense como obter essas quatro opções de links.

 

E aí, você já pensou como seria nossas vidas sem o Google?

Deixe nos comentários sua visão desse pseudo apocalipse digital.

 

Se vc gostou desse artigo, com certeza irá se interessar por esses também:
   3 Acoes de automacao de marketing para o seu negocio
   - 5 Tipos de landing page ou pagina de destino para aumentar as vendas do seu negocio
   - 7 Tendencias que irao impactar empresas tecnologia e designer em 2019
   - Posicionamento do site seo VS sem qual escolher


Genilson de Oliveira Silva

Genilson Silva

Fundador e CEO da NAonde Marketing Digital e GSC-inc. Apaixonado por inovação, empreendedorismo e programação. Estudou Engenharia da Computação na Fundação Santo André, certificado MCSE (Microsoft Certified Systems Engineer) e desde 2002 atua com Engenharia de Software e Business Intelligence.



Gostei dessa postagem e quero:





VEJA MAIS...

Turbine seu negócio agora mesmo e fique sempre a um passo a frente.

Null
Like
X Gostou do blog? Então que tal curtir nossa página no Facebook?